Primeiros Filmes do Ano

 

 

MELHORES & PIORES

 

            O melhor filme de 2007 em termos de Belém foi “A Conquista da Honra”(Flag of Our Fathers) de Clint Eastwood. Eleição pacifica da APCC. O pior deve ter sido “Eu me Lembro”, nacional (já esqueci o nome do diretor). Peço não lembrar do titulo daqui a alguns anos.

            No acender das luzes deste 2008 dei de cara com “P.S.Te Amor”, romance de uma viúva com o marido morto. Ele, antes de vestir paletó de madeira,.deixa para ela um punhado de cartas que a mãe dela, uma sogra como poucas, despacha na medida certa. As cartas dizem como a ainda jovem apaixonada deve se portar até que arranje um novo marido. Isto em cultura anglo-saxã é barra. O normal para o povo dessas bandas é rezar “rei morto, rei posto”. Mas no filme de Richard Gravanese a premiada Hillary Swank só reaprende a ir para a cama com um macho depois de ler instruções de quem ia com ela. O titulo do filme podia ser “Licença Para Casar Depois da Viuvez”, ou, se botarem musica, “A Viúva Pândega”.

            Outro filme deste ano: “Eu e Você”. Autora de telenovela francesa percebe que a vida real é outro departamento. Não há como fotografar experiências pessoais. Obvio que se dizia ululante.

            E não vi “A Bússola de Ouro”. Pretendia enfrentar a cópia dublada, mais ao alcance. Mas o projetor do cinema pifou na hora. Acho que saí ganhando. Filme dublado é samba em violino. Aguardo consultara tal bússola em DVD. Comodidade é posto.