Arquivos
 31/10/2010 a 06/11/2010
 03/10/2010 a 09/10/2010
 26/09/2010 a 02/10/2010
 15/08/2010 a 21/08/2010
 27/06/2010 a 03/07/2010
 06/06/2010 a 12/06/2010
 09/05/2010 a 15/05/2010
 18/04/2010 a 24/04/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 07/03/2010 a 13/03/2010
 07/02/2010 a 13/02/2010
 03/01/2010 a 09/01/2010
 29/11/2009 a 05/12/2009
 15/11/2009 a 21/11/2009
 08/11/2009 a 14/11/2009
 18/10/2009 a 24/10/2009
 20/09/2009 a 26/09/2009
 13/09/2009 a 19/09/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009
 26/07/2009 a 01/08/2009
 19/07/2009 a 25/07/2009
 12/07/2009 a 18/07/2009
 05/07/2009 a 11/07/2009
 28/06/2009 a 04/07/2009
 21/06/2009 a 27/06/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 24/05/2009 a 30/05/2009
 10/05/2009 a 16/05/2009
 26/04/2009 a 02/05/2009
 29/03/2009 a 04/04/2009
 08/03/2009 a 14/03/2009
 22/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 25/01/2009 a 31/01/2009
 04/01/2009 a 10/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 23/11/2008 a 29/11/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 10/08/2008 a 16/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 29/06/2008 a 05/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 18/05/2008 a 24/05/2008
 04/05/2008 a 10/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 09/09/2007 a 15/09/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006

Categorias
Todas as mensagens
 Filmes
 Crônicas
 CineNoticias

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog do Veriano
 


O OUTRO LADO DA TELA

 

 

            Em 1952, ano de produção de “Assim Estava Escrito”(The Bad and the Beautiful), Hollywood experimentava a liberdade com a perda da rigidez do Código Hayes,aquela censura interna que modulava os filmes de forma a proibir, por exemplo, amostragem de cama de casal (Frank Capra levou isso na gozação numa cena do seu “Nada Além de Um Desejo”(Hiding High). O público pedia ousadia e o neo-realismo italiano, paupérrimo, começava a faturar como coisa de rico. A idéia de um filme que criticasse o sistema de produção de Hollywood surgiu quando o roteirista Charles Scheer leu um conto de autoria de George Bradshwa publico na “Ladie’s House Journal” o arremedo norte-americano do nosso, então, “Jornal das Moças” (no fim do ano ganhava status de “Anuário das Senhoras” – como se as moças de todo mês casassem antes de dezembro). Nesse conto o chefão (tycoon) de um grande estúdio pedia para uma atriz, um roteirista e um desenhista de produção que ajudassem um produtor antes de renome e hoje amargando o ostracismo num hotel em Paris. A trinca guarda mágoas desse cara. Dentre muitas sacanagens que ele fez, há um empurrão na mulher do roteirista para os braços de um galã mexicano para deixar o maridão trabalhar em paz. O ato rendeu azar: cai o avião em que o par viajava e o roteirista só permanece trabalhando para o produtor até quando este solta a língua e,brincado, conta que”ainda bem” a madame foi passear com o latino. E também a atriz amarga um romance fortuito que o cara alimentou até quando ela lhe servisse como intérprete. A história deu no roteiro premiado com o Oscar do ano. E no filme que Vicente Minnelli dirigiu com aquele talento que tinha (duvidar é meter o rabo entre as pernas vendo “Sinfonia de Paris”, “Sede de Viver” e “Gigi”). A Metro, que na época era a mais festejada fábrica de sonhos, ousou brincar com o seu umbigo. Walter Pidgeon como o dono da bola, digo do estúdio, seria uma espécie de Irving Thalberg; Lana Turner, a imagem da própria; Dick Powell a lembrança de Faulkner  e Kirk Douglas, no papel central, um David O. Selznick, inteligente e ambicioso a provar que essas qualidades é que fazem (ou faziam) cinema classe A.

            “Assim Estava Escrito”rendeu 5 Oscar e boa renda. Bastou para muita gente seguir a trilha e choveram filmes sobre fazedores de filmes. Um foi radical: “A Grande Chantagem”(The Big Knife) de Robert Aldrich. Neste havia uma cena em que um personagem perguntava:”-Quem faz bom filme aqui ? Stanley Kramer ? “(Kramer era o mais festejado independente, na verdade muito hábil ao dar chance a novos diretores e trabalhar com baixo orçamento).

            Mas vale a pena rever hoje o filme de Minnelli. Mostra que os deuses das telas não são como os do Olimpo que geraram os super-heróis dos gibis modernos. A gente que lia Cinelândia e Filmelandia não imaginava Lana Turner fazendo cocô. É claro que Minnelli não chegava a tanto, mas tirava da estrela uma aura de impecável em formosura. A maquilagem conseguia o milagre de fazê-la parecer sem maquilagem. E que prazer ver uma chance à Gloria Grahame (Oscar de coadjuvante), grande atriz sempre relegada a papéis de vamp no desvio. Ela e Gilbert Roland dizem que a  turma do segundo escalão pesava muito.

            Sei lá, mas o leão da Metro, a partir daí, passou a urrar diferente. Até que ficou rouco. (Pedro Veriano)



Escrito por Pedro Veriano às 16h11
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]